segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Rocketman - 2019

Não curto musicais mas gostei muito desse. 
Fatos marcantes da vida conturbada do Elton John, mostrados musicalmente e aprovados pelo próprio músico.
Gostei muito dos arranjos e a forma como foram tratadas as frustrações com a família, o vício e a tentativa de suicídio do artista.
Como li a biografia dele escrita por David Buckley, percebi que, de forma pitoresca, apenas fatos mais relevantes foram abordados. Se você também leu espera assistir o conteúdo do livro, desista.

O filme é como Elton, brilhante, colorido e exagerado e muito bom. 
No IMDB.
Nota 8,5
Recomendo.




Sinopse do Adoro Cinema: A trajetória de como o tímido Reginald Dwight
(Taron Egerton) se transformou em Elton John, ícone da música pop. Desde a infância complicada, fruto do descaso do pai pela família, sua história de vida é contada através da releitura das músicas do superstar, incluindo a relação do cantor com o compositor e parceiro profissional Bernie Taupin (Jamie Bell) e o empresário e o ex-amante John Reid (Richard Madden).


Diretor: Dexter Fletcher


Elenco Principal: 
Taron Egerton 
Jamie Bell 
Richard Madden 
Bryce Dallas Howard


Trailer:

O Último Templário


FICÇÃO - O ÚLTIMO TEMPLÁRIO

Autor: KHOURY, Raymond

Idioma: PORTUGUÊS 

Editora: EDIOURO 

Assunto: Ação e Suspense

Edição: 1 

Ano: 2015 

ISSBN: 9788500018459

Resenha segundo a Amazon: Quatro homens mascarados montados a cavalo, vestidos como Cavaleiros Templários, irrompem na noite de gala de inauguração de uma exposição do Vaticano no Museu Metropolitan e roubam um misterioso decodificador medieval, lançando o agente do FBI , Reilly, e a arqueóloga , Tess Chaykin, numa corrida mortal por três continentes em busca do local final de descanso do Templo do Falcão e a perturbadora verdade sobre sua carga.

Minha Opinião: Estilo de livro que lembra o trabalho do Dan Brown... te deixa com aquela pulga atrás da orelha até onde é ficção e o que é verdade.
A leitura é fácil, os capítulos são curtos e como tem bastante ação na história, ela não se torna enfadonha. 
Uma coisa importante sobre o livro é que apesar de ser ficcional, eu acredito sinceramente que a igreja católica foi construída em cima de mentiras e engodos e que Jesus era um homem comum, que pregava ideias de igualdade e caridade. Determinados segmentos religiosos viram nesse homem um potencial mártir e "criaram" a figura do Jesus "santo" e hoje, bilhões de pessoas acreditam piamente no que pregam as religiões cristãs.
Até que ponto isso é bom ou é ruim? É a pergunta que fica no livro.

Nota: ♥♥♥

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Mãe de Intercambista

Rafaela está na Itália a menos de uma semana e a ficha está caindo aos poucos.
Porto Alegre, bye bye
Quem tem filho adolescente sabe o quanto eles enchem a casa. Mesmo que nos coloquem limites quanto à organização de seu quarto, suas coisas, ficamos tranquilos porque eles simplesmente estão ali.
Os movimentos para esse intercâmbio começaram em 2017. Ela desistiu e no ano passado, em meados de outubro ela finalmente se decidiu. Tomada a decisão, fomos atrás do que precisava. A AFS sempre foi a nossa opção pela seriedade com que trata os intercâmbios e seus demais programas.
Amigos se despedindo
O período entre encontrar a família, atividades com a AFS e a partida passou voando.
Quando me dei conta estava no aeroporto com minha mãe, meu irmão e vários adolescentes amigos da minha filha, inchados de chorar depois que ela se despediu e entrou na sala de embarque.
Meu irmão, Rafa, o pai
dela e minha mãe
Naquele dia me senti muito mal fisicamente indo para casa, com náuseas e muita dor na nuca. E depois que minha mãe saiu, chorei muito. Deixei extravasar... precisava muito fazer isso. Estava deixando sair um misto de dúvidas, medo, nervosismo, cansaço acumulado, angústia e muita, mas muita saudade.
A Rafaela sempre viajou sem mim, desde pequena, com o pai dela, com meus pais ou com seus amigos. Mas os períodos nunca ultrapassaram quinze dias. Desta vez ficaremos um ano longe. 
A nova família no
aeroporto de Palermo
Isso significa que vou ter que aprender a viver comigo mesma, mudar rotinas, aguardar ansiosamente por um "oi" pelo whats ou uma chamada de vídeo.
Cada vez que ela me diz que está feliz, me sinto igualmente feliz por ela ter tido essa oportunidade, por estar realizando um sonho, amadurecendo e vivenciando outra realidade.
Ser mãe de intercambista é torcer para que a pessoinha que está lá do outro lado do mundo se realize, expanda seus horizontes e que volte motivada para buscar seus objetivos, sejam eles quais forem.
Confesso que não é fácil. Nem um pouco. A Rafaela está comigo há dezesseis anos. Nasceu pequeninha e foi crescendo, sempre uma criatura doce, carinhosa, sensível, imaginativa e muito meiga. Características que são inerentes a ela, mesmo quando se esforça para ficar zangada com alguma coisa.
Indiscutivelmente, o que mais me faz falta mesmo é sentir o cheirinho do cangote que nunca mudou desde pequena, de poder protege-la do mundo no meu abraço, essas coisas que só quem é mãe sabe...
Mas, em detrimento de tudo isso, o desejo de vê-la alçar vôo, tomar o controle de sua vida e tornar-se uma pessoa madura e confiante me faz esquecer todo o resto.

O mundo é teu, Rafaela. E podes voltar a qualquer tempo que meus braços estarão sempre te esperando, porque eu te amo mais do que tudo na vida.

Recepção em Roma aos 400 intercambistas do mundo todo!
Rafa e sua "sorela" Rachele
Manas no primeiro dia de aula
Sciacca
Sciacca
Rafaela e os intercambistas de Honduras e Sérvia




segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Minha Obra-Prima - 2018

O filme rola em Buenos Aires e conta a história de um artista de difícil personalidade (AMEI!), vivendo o ocaso de sua obra.
Seu amigo de longa data, dono de uma galeria, tenta ajudá-lo a se manter e sobreviver nesse mercado complicado das obras de arte. 
É um filme lindo, ao mesmo tempo que é dramática, é doce, nos faz pensar como é difícil escolher entre o certo e o errado.
No IMDB.
Nota 8,5.
Recomendo.

Sinopse do Adoro Cinema: Renzo Nervi (Luis Brandoni) já foi um pintor bem-sucedido em Buenos Aires, mas hoje não consegue vender um único quadro. Seu amigo Arturo Silva (Guillermo Francella), negociante de obras de arte, faz o possível para valorizar os quadros de Nervi, porém a personalidade arrogante do artista não ajuda nos negócios. Um dia, um acidente inesperado proporciona aos dois uma possibilidade inédita (e ilegal) de ganharem dinheiro dentro do corrupto mercado de obras de arte.

Diretor: Gastón Duprat

Elenco Principal: 
Luis Brandoni 
Guillermo Francella 
Raúl Arévalo 
Andrea Frigerio

Trailer:

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

O Anjo do Avesso

FICÇÃO - O ANJO DO AVESSO 
Autor: VASCONCELOS, Marcos
Idioma: PORTUGUÊS
Editora: RAIZ
Assunto: Crônicas, contos
Edição: 1
Ano: 2019
ISSBN: 9788553110193


Resenha segundo a Travessa: Há algo sempre à espreita. Algo capaz de nos capturar em qualquer multidão, que não ousamos nominá-lo, embora seja chamado de Morte. Em O Anjo do Avesso, ela é protagonista. Desmistifica medos. Torce, define, encerra, abate. Mas também acalenta: “Começando do fim ao invés do começo, a Morte é um anjo do avesso”

Minha Opinião: Não é porque eu conheço o autor do livro que vou rasgar seda, mas olha, que surpresa boa! Que livro gostoso de ler. Super bem escrito sem ser arrogante. 

Trata de um assunto tabu, que traz incômodo às pessoas, mas com uma leveza tão interessante que é impossível não sentir empatia com os personagens e as histórias.
Obrigada Marcos por ter publicado e compartilhado conosco.
Amei!


Nota: ♥♥♥♥♥

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Mitologia Nórdica


MITOLOGIA - MITOLOGIA NÓRDICA
Autor: GAIMAN, Neil
Idioma: PORTUGUÊS 
Editora: INTRÍNSECA
Assunto: Mitologia
Edição: 1 
Ano: 2017 
ISSBN: 9788551001288

Resenha segundo a Amazon: Uma jornada da origem do universo até o fim do mundo. Quem, além de Neil Gaiman, poderia se tornar cúmplice dos deuses e usar de sua habilidade com as palavras para recontar as histórias dos mitos nórdicos? Fãs e leitores sabem que a mitologia nórdica sempre teve grande influência na obra do autor. Depois de servirem de inspiração para clássicos como Deuses americanos e Sandman, Gaiman agora investiga o universo dos mitos nórdicos. Em Mitologia nórdica, ele vai até a fonte dos mitos para criar sua própria versão, com o inconfundível estilo sagaz e inteligente que permeia toda a sua obra. Fascinado por essa mitologia desde a infância, o autor compôs uma coletânea de quinze contos que começa com a narração da origem do mundo e mostra a relação conturbada entre deuses, gigantes e anões, indo até o Ragnarök, o assustador cenário do apocalipse que vai levar ao fim no mundo. Às vezes intensos e sombrios, outras vezes divertidos e heroicos, os contos retratam tempos longínquos em que os feitos dos deuses eram contados ao redor da fogueira em noites frias e estreladas. Mitologia nórdica é o livro perfeito para quem quer descobrir mais sobre a mitologia escandinava e também para aqueles que desejam desvelar novas facetas dessas histórias. Mitologia nórdica é uma obra de referência, um novo e precioso registro dos pouco conhecidos mitos escandinavos. Os mitos nórdicos estão em obras que se tornaram bastante populares, como os livros de J. R. R. Tolkien, a série de TV Game of Thrones, nas HQs e filmes da Marvel. E, em abril, estreia a adaptação de Deuses americanos para a TV. Juntos, os livros de Neil Gaiman lançados pela Intrínseca já venderam mais de 100 mil exemplares. “Neil Gaiman é uma máquina humana de criar histórias. ”Washington Post.

Minha Opinião: Apesar de ter assistido Vikings e Last Kingdon eu não conhecia da mitologia nórdica muito além de Thor, Odin e Loki. O livro do Gaiman é bom e bem simples de ler. A mitologia nórdica é uma complicada colcha de retalhos com centenas de personagens e criaturas. Mas do jeito que ele tenta contextualizar fica mais simples entender algumas passagens e o universo super vasto desta cultura.
Sugiro a leitura para quem gosta do assunto ou está começando a aprender sobre.

Nota: ♥♥♥♥

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

US - 2019

Pense num filme impactante. 

Em princípio, para os desavisados, só mais um thriller americano de uma família comum aterrorizada no meio de suas férias.
Mas assim que você começa a raciocinar, entender as razões pelas quais o lado obscuro dessas mesmas pessoas tenta tomar o lugar delas, vai ficando óbvia a ideia de fazer o espectador pensar e fazer os paralelos com a sua vida, a vida de todos.
Seria mais ou menos como se os outros, o lado escuro de nós mesmos, aqueles seres escondidos de cada um de nós viesse à tona e todo o seu lado mau, obscuro fosse tomando conta de todos nós simultaneamente. 
Dá para estabelecer diversos vínculos de conotação social, formação dos Estados Unidos, proliferação mundial do neo fascismo, supervalorização de "cidadãos de bem"... enfim, milhares de conjecturas sobre o que o diretor (também autor) quer nos passar.
O grande momento do filme na minha opinião é o final. 
Portanto nem me perguntem porque não darei spoiler. Depois de assistirem, me chamem para conversar. 
Rafaela e eu ficamos mudas, sem palavras no final. Ficamos inclusive na dúvida se o US é Nós ou Estados Unidos na mensagem do autor.
Nesse link o melhor texto que li a respeito de US. 
No IMDB.

Nota 9,0.
Recomendo.

Sinopse do Adoro Cinema: Adelaide (Lupita Nyong'o) e Gabe (Winston Duke) decidem levar a família para passar um fim de semana na praia e descansar em uma casa de veraneio. Eles viajam com os filhos e começam a aproveitar o ensolarado local, mas a chegada de um grupo misterioso muda tudo e a família se torna refém de seus próprios duplos.

Diretor: Jordan Peele

Elenco Principal:
Lupita Nyong'o
Winston Duke

Elisabeth Moss
Tim Heidecker
Shahadi Wright Joseph 
Evan Alex 
Cali Sheldon 
Noelle Sheldon 

Trailer:

Lembranças de Um Crime

FICÇÃO - LEMBRANÇAS DE UM CRIME
Autor:
JANCE, J. A.
Idioma: PORTUGUÊS
Editora: SEDNA
Assunto: Ação e Mistério
Edição: 1
Ano: 2009
ISSBN: 9788560317059


Resenha segundo a Amazon: Enquanto estava sob hipnose, uma freira de meia-idade se recorda inesperadamente dos horríveis detalhes de um assassinato a sangue frio que testemunhara quando tinha apenas cinco anos. Embora o medo tivesse mantido essas memórias aprisionadas por meio século, elas agora vieram à tona para revelar uma trama mortal que atravessa duas gerações.

Minha Opinião: Normal. Uma leitura rápida, escrito sem rebuscamento, interessante para quem gosta de contos policiais.

Não é o tipo de livro que eu compraria, mas valeu pela oportunidade de ler.

Nota: ♥♥♥

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Carta para Luan

Querido Luan,
despeço-me com dor, com tristeza e uma ponta de culpa porque não consegui te proporcionar uma vida melhor, e, nestes últimos tempos, uma sobrevida.
Gostaria que soubesses que eu fiquei muito orgulhosa de ter você entre os meus filhos felinos e sempre me sentia emocionada quando alguém mencionava sua lindeza natural de gatinho British.
Você chegou muito assustado e fomos aprendendo com o manejo certo como convivermos todos juntos. Certamente sofreu um pouco de bullying dos manos mais velhos mas superou, como esperado de um gatinho amado como você é e sempre será.
Meu filho, entenda que a decisão que tomei foi pensando em aliviar seu sofrimento. Te ver como te vi nos últimos dias me deu a certeza de que ali não estava mais o meu Luan, cheio de vida. Havia um resquício de gatinho, brigando muito para conseguir ir adiante usando toda a força que tinha para quando alguém o acariciava na gaiolinha, ou quando eu chegava para te visitar.
Ninguém que não tenha passado por essa situação saberá o que é ver a vida do seu gato esvair-se no seu colo. 
A Tia Cris foi maravilhosa, tudo foi feito de forma muito íntima e cuidadosa.
E você adormeceu... para acordar no céu dos gatinhos, sem dor, correndo atrás dos bichinhos, dando saltos atrás dos besouros que se aventuram perto de você.
Obrigada por me tornar sua tutora e mãe.
De coração despedaçado me despeço.
Eu te amo meu anjo.
Para sempre e sempre.







terça-feira, 30 de julho de 2019

SUSSURRO

FICÇÃO - SUSSURRO
Autor: FITZPATRICK, Becca
Idioma: PORTUGUÊS
Editora: INTRÍNSECA
Assunto: Ação e Suspense
Edição: 1
Ano: 2010
ISSBN: 8598078786


Resenha segundo a Amazon: Nora é uma menina responsável. Aos 17 anos, ela tira boas notas e sempre avisa à mãe aonde vai e o que está fazendo. Nem mesmo garotos a fazem perder o foco nos estudos. Até porque, apesar das tentativas de sua melhor amiga, Vee, de lhe arrumar um pretendente, ela nunca se interessou por ninguém na escola. Pelo menos não até conhecer Patch, seu novo colega na aula de biologia. Ele parece estar em todos os lugares e saber tudo sobre ela. Seu jeito ao mesmo tempo sedutor e perigoso faz com que Nora fique imediatamente intrigada. E encantada. É então que eventos estranhos começam a acontecer. Um homem usando uma máscara de esqui salta diante de seu carro, seu quarto é invadido e aparentemente alguém está tentando matá-la. Nora não sabe em quem confiar. Quando Vee conhece dois novos rapazes e tenta arranjar um encontro, as coisas só pioram. Nora está assustada a maior parte do tempo. Patch é o da máscara de esqui? Ou será Elliot, o novo garoto com quem Vee quer que ela saia? Em sua busca por respostas, Nora está prestes a se descobrir no centro de uma batalha ancestral entre seres imortais e anjos caídos - uma disputa que não se resolverá sem sacrifícios.



Minha Opinião: é um tipo de leitura que prende porque é rápida, mais direcionada ao público jovem que curte histórias de ficção sobrenatural. Não é ruim e nem é ótimo. É normal. Eu li porque me foi emprestado, mas eu não adquiriria esse livro, a não ser que minha filha adolescente quisesse ler. ;-) 



Nota: ♥♥♥