sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Chanel

Chanel é a nova integrante da nossa família.
Passei dez anos na companhia de vários felinos. Por um longo tempo eu comparava os dois e defendia os gatos. Mas na verdade não tem comparação.
Cada um é cada um...
Os gatos são charmosos, limpinhos, demonstram amor do jeitinho deles. Você pode ter quatro gatos, como no meu caso e parece que tem um ou dois.
Os cães são brincalhões, te amam incondicionalmente, te celebram quase o tempo todo e só amam mais a comida do que você... não tente competir com um osso.
Posto isso, resolveu-se levar Chanel para casa. Ela tinha 50 dias. Pequerrucha! De cara já conquistou todos nós. 
Ela nasceu dia 01 de julho de 2017 numa ninhada de três. Era a maiorzinha de todos e eu tinha escolhido o machinho que era o menor. Mas o meu colega me preveniu quanto ao xixi fora de lugar e tal. Resolvemos trocar por uma das filhotinhas.
A Chanel é super ativa, ela é bagunceira como todo bebê cachorro, rói tudo que vê pela frente, especialmente chinelos. Foram três pares de havaianas para o lixo já. 
Outra coisa: ensinar o xixi no lugar certo é um parto. De vez em quando ela faz onde tem que fazer mas continua "batizando" vários locais inapropriados. 
Depois da terceira dose de vacina começamos a levá-la para fora, mas ainda
não criou coragem de "xixar" na rua. Ficamos um tempão com ela caminhando e brincando lá fora, mas é entrar em casa e pronto. Deságua na porta! Com o tempo e muita paciência isso vai se ajeitar, tenho certeza.
É muito fofo ter um cão dentro de casa, mas só adote se você tiver paciência para cuidar e dinheiro para manter. Cães tem que comer comida certa para não adoecerem, precisam ir ao veterinário para revisão e necessitam de afeto pois se apegam muito aos humanos. Se pintar uma dúvida na hora de adotar, pergunte a quem tem, a quem entende de cães. A pior coisa que se pode fazer é abandonar um cachorro(ou qualquer outro animalzinho). Ele perde a referência. Imagine-se largado no meio da China, sem nada e sem poder se expressar... é fácil se colocar no lugar.
Voltando à Chanel, ela estabeleceu que eu sou a Alfa da casa. Porém, para todos os efeitos, a Rafaela é a mãe dela e o Paulo e eu somos os avós.
Esperamos que ela tenha uma excelente vida e que esteja sempre ao nosso lado.
Uns registros da nossa pequenina:
video









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se em casa!